Hora certa:
 

  • Jornal SBC

Atualidades

PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO?

É nessa fase que a gestante receberá todos os cuidados e informações para não desenvolver periodontite, por exemplo - doença da gengiva que pode antecipar o parto
Sem dúvida, o pré-Natal é um procedimento fundamental durante a gravidez, mas existe também o pré-Natal odontológico, que é um trabalho que pode ser feito em conjunto entre médicos e dentistas, garantindo uma saúde integral para as gestantes.
Toda mulher grávida deve fazer o pré-natal com um médico de confiança para saber suas condições de saúde e, principalmente, as do bebê todo mundo já sabe. O raro é a gestante ter consciência de que precisa também de um acompanhamento odontológico durante a gravidez. Para levar informações a esse respeito também à classe médica, a odontopediatra Dra. Fabiana Saraiva comenta sobre a importância do médico e do dentista da paciente trabalharem sempre em sintonia.
 
Durante a gravidez, qual a periodicidade ideal para a gestante visitar o dentista?
O ideal é que a mulher passe pelo consultório do cirurgião-dentista pelo menos a cada dois meses, dependendo das condições de saúde oral de cada uma. A consulta inicial é para verificar se há necessidade de tratamento completo. Depois disso, a gestante deve visitar o consultório periodicamente para aplicação de flúor e limpezas periódicas. E o mais importante: o cirurgião-dentista vai avaliar como está a saúde da gengiva dessa gestante.
 
Quais os problemas mais comuns da gestante na gravidez em relação à saúde bucal?
As mudanças hormonais decorrentes da gravidez podem acarretar gengivite, que é inflamação inicial gengiva. O problema é que, muitas vezes, essa gengivite avança para a periodontite, uma inflamação mais grave da gengiva com perda óssea. A periodontite é uma doença grave, que deixa sequelas e que pode antecipar o parto daquele bebê.
A gestante deve cuidar para que a velha máxima de que "cada gravidez é um dente perdido" seja apenas um mito. Às vezes, a mulher já está com o problema instalado e com a gravidez vem a mudança de hormônios, a mudança de hábitos que contribuem para agravar esse problema.

Que tipo de orientações são passdas pelos dentistas duramte esse período?
As consultas periódicas ao consultório também servirão para que o profissional oriente a futura mamãe com os cuidados que ela deve ter depois do parto com o bebê recém-nascido. É uma fase muito boa para ensinar os cuidados que ela deve ter com a saúde oral do bebê. É um período em que a mulher está muito receptiva a aprender sobre como cuidar do seu filho. É a hora certa para essa orientação.
 É nessa época que a mãe vai saber exatamente como deve proceder com a boquinha da criança. Ela saberá, por exemplo, que, enquanto o bebê mamar exclusivamente no peito, não é necessário fazer uma higienização completa da boca - só uma fraldinha limpa é necessário para tirar o leitinho que sobrar na cavidade oral.
O próprio leite tem propriedades muito importantes para a boquinha dele, inclusive para criar anticorpos, e isso para o bebê é muito benéfico. Depois, quando qualquer outra coisa é introduzida na alimentação, a mãe deve limpar a boca do bebê com água filtrada e uma fraldinha limpa. É preciso limpar a língua e já pode começar a massagear a região onde nascerão os dentinhos para fortalecer a região. E, quanto mais forte estiver essa gengiva, menos o bebê sofrerá com diarréias e febre.
Além disso, as visitas ao dentista podem fazer com que as futuras mães saibam que quanto mais elas consumirem doces durante a gestação, mais paladar para doce os bebês terão. Se ela preferir consumir o açúcar das frutas, a frutose, é melhor. Isso evitará que a criança goste muito de doce no futuro. Consequentemente, essa criança terá menos possibilidades de desenvolver cáries. Com todos esses cuidados, as mamães e bebês terão uma vida muito mais saudável e com dentes forte.
 
 

Artigos

ver tudo

Banner SBH

Banner Snifbrasil

Banner DPM


SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.234.214.179 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)