Hora certa:
 

Noticias

Maceió recebe o maior evento mundial de cirurgia plástica

De 3 a 6 de novembro, a capital alagoana concentrará alguns dos mais renomados especialistas do Brasil e do exterior para falar de temas como segurança do paciente, harmonização facial, lipoaspiração, implante de silicone, cirurgia íntima e cirurgia reconstrutora.

O Brasil é referência mundial em cirurgia plástica. E, nesse contexto de liderança, de 3 a 6 de novembro de 2021, acontece o 57º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica, em Maceió-AL no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, RuaCelso Piatti, s/n, Jaraguá. Organizado pelo Departamento de Eventos Científicos da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), em parceria com a Regional Alagoas, o evento reúne alguns dos maiores especialistas brasileiros e do exterior para falar de temas do momento, como segurança do paciente, harmonização facial, rinoplastia, lipoaspiração, implante de silicone e cirurgia íntima. Também, de outros assuntos relevantes na área, como cirurgia plástica reconstrutora e lesão no joelho.

"A realização desse Congresso, com especialistas de diversas nacionalidades, propicia unir conhecimentos e contribui para que a cirurgia plástica brasileira se torne ainda mais visível na sociedade médica nacional e internacional. Também, perante a sociedade em geral, debatendo esses temas importantes do dia a dia", explica o Dr. Dênis Calazans, presidente da SBCP.

Outro ponto alto do evento é reforçar o compromisso da SBCP em zelar pelo renome e conceito da Cirurgia Plástica, e contribuir para a segurança do paciente, promovendo o aperfeiçoamento dos conhecimentos especializados e incentivando a formação do cirurgião plástico. "Sabemos que muitas pessoas pesquisam informações sobre saúde na internet e, com tamanha demanda, é natural que muitos profissionais utilizem a internet e as redes sociais para se comunicarem com os pacientes. O problema é que muitas vezes essa comunicação fere o código de ética médica", alerta o Dr. Dênis. Neste sentido, é importante lembrar que para a formação da especialidade são necessários 11 anos de estudo.

Cenário no Brasil - De acordo com dados do Censo mais recente da SBCP, em 2018, mais de 60% das cirurgias plásticas realizadas no país foram estéticas, enquanto quase 40% foram cirurgias reparadoras. Já os procedimentos cirúrgicos (como aumento de mama, lipoaspiração, rinoplastia, plástica vaginal etc.) e não cirúrgicos (como uso de toxina botulínica, preenchimento facial, peeling etc.) foram cerca de 50% cada.

O presidente da SBCP destaca os procedimentos que envolvem a harmonização facial, cada vez mais popular nas redes sociais, como a aplicação da toxina botulínica, o preenchimento com ácido hialurônico, e as cirurgias como a rinoplastia, bichectomia, cirurgias de pálpebra, queixo, orelha, e os implantes: "Desses procedimentos, os que demandam a realização de cirurgia só podem ser realizados por médicos habilitados, de acordo com a lei nº 12842/2013, pois necessitam ser feitos em ambiente hospitalar", chama a atenção.

Para discutir em particular a rinoplastia, o Congresso contará com a participação de especialistas internacionais renomados, como Abdülkadir Göksel (Turquia), Nazim Cerkes (Turquia), Enrico Robotti (Itália), Valerio Finocchi (França) e Yves Saban (França), além de médicos cirurgiões plásticos brasileiros, país referência em harmonização facial.

Programação variada - Nos quatro dias de evento, além de especialistas em harmonização facial, haverá nomes internacionais da cirurgia da face, dos Estados Unidos e da Espanha; de cirurgia íntima, da Colômbia e do México; e de implantes, do Reino Unido e dos Estados Unidos. Além da programação científica, estão previstas a Copa dos Residentes, uma competição para médicos residentes de conhecimento sobre cirurgia plástica.

"Adotando as normas sanitárias, nossa cidade está aguardando por profissionais da cirurgia plástica do Brasil, da América Latina e de várias partes do mundo que irão abrilhantar nosso Congresso. Realizaremos um evento magnífico, proporcionando um intercâmbio de saberes médicos e científicos de valor ímpar", conclui o Dr. André de Mendonça Costa, presidente da SBCP Regional Alagoas.
 

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 34.228.229.51 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)