Hora certa:
 

Noticias

Diagnósticos de câncer de pele crescem 16% em 2021

Especialista do dr.consulta alerta para a importância da prevenção e cuidados ao se expor aos raios solares
 
 
Com a chegada do verão, acende um alerta para a prevenção e cuidados com a pele. Assim, a campanha Dezembro Laranja, lançada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia em 2014, é um alerta para conscientizar sobre os riscos e as principais formas de prevenção do câncer de pele.
 
De acordo com o banco de dados de pacientes cadastrados no dr.consulta, o número de diagnósticos do caso de não melanoma, o tumor maligno mais frequente entre os brasileiros, aumentou 16% entre janeiro e novembro de 2021 se comparado ao mesmo período do ano passado. Com relação a 2019, o crescimento foi de 10%.
 
Segundo a dra. Maria Fernanda Vieira, dermatologista do dr.consulta, é importante se autoexaminar e verificar manchas ou sinais na pele. “A ida ao dermatologista precisa ser feita com frequência, pois a doença, se detectada de maneira precoce, permite que o tratamento tenha resultados satisfatórios e efetivos”.
 
Como forma de prevenção, a dra. Maria Fernanda recomenda evitar a exposição aos raios solares entre 10h e 16h, utilizar o protetor solar, com reaplicação de hora em hora e se proteger com o uso de bonés, chapéus e óculos de sol.
 
O tipo de câncer de pele não melanoma surge em locais mais expostos ao sol, como o pescoço, o rosto e as orelhas. E podem ser manchas ou feridas na pele que não cicatrizam por até 1 mês. Também há o caso do melanoma, o mais agressivo, que pode surgir a partir de uma lesão, uma pinta ou uma mancha, ou até mesmo sobre a pele sem lesões.
 
O tratamento para não melanoma é mais comum por meio da cirurgia, acompanhado de radioterapia em alguns casos. Já o melanoma pode precisar de tratamento com quimioterapias, radioterapias ou cirurgias dependendo do caso.

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 107.21.85.250 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)