Hora certa:
 

  • Probians

Sociedades

Fórum da APM discute o uso de órteses e próteses

Em 27 e 28 de agosto, a Associação Paulista de Medicina (APM) sediará o II Fórum sobre Cooperativismo Médico. Serão debatidos temas exclusivamente relacionados às Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME). A garantia da autonomia do médico em relação à indicação e o direito dos pacientes às melhores soluções são pontos importantes da pauta. Por outro lado, devido ao alto custo desses produtos, a racionalização, sem prejuízo de tratamentos, será analisada, assim como os exageros gerados pela judicialização da saúde.

Além da melhor relação custo-benefício em favor dos pacientes e da saúde em seu conjunto, serão focadas eventuais irregularidades no setor, conflitos de interesse e recentes escândalos divulgados pela imprensa de prescrição desnecessária e superfaturamento. Por meio da reflexão, a Associação Paulista de Medicina, busca oferecer uma contribuição efetiva de regulação para as OPMEs.  

Segundo o coordenador da Comissão Organizadora do Fórum e vice-presidente da APM, dr. Paulo De Conti, a despeito de a maioria dos profissionais atuarem com integridade e profissionalismo, é importante discorrer acerca da postura ilícita de alguns para não desabonar toda a categoria. “É nossa expectativa que sejam identificados todos os setores envolvidos nessas práticas irregulares apontadas em diversas reportagens e que sejam aplicadas as punições pertinentes”, assegura De Conti. “É essencial frisar que a APM apoia integralmente as investigações sobre a máfia da comercialização das OPMEs”.

O Fórum contará com a participação de entidades médicas, sociedades de especialidades, órgãos governamentais, Agência Reguladora, Ministério Público e Tribunal de Justiça. Sua programação contempla os seguintes assuntos: “Impacto das OPMEs e medicamentos de alto custo na saúde pública”, “Conferência de regulação econômica do mercado em OPMEs”, “Impacto das OPMEs e medicamentos de alto custo sobre custos assistenciais e honorários médicos na saúde suplementar”, “Papel do CADE, Tribunal De Justiça (TJ-SP), Ministério Público (SP), Polícia Federal, legislativo e da imprensa na fiscalização do setor” e “Normatização e regulamentação em OPMEs”.

Haverá ainda momentos dedicados às perguntas dos participantes, brunch e coquetel. As vagas são limitadas e é necessária inscrição prévia. Para mais informações sobre o evento, acesse www.apm.org.br ou pelo telefone (11) 3188-4204.



 

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.235.107.209 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)