Hora certa:
 

  • Jornal SBC

Sociedades

Treinamento para salvar vidas: o presente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo para os paulistanos, no Dia Mundial do Coração

O Conjunto Nacional, na Avenida Paulista (SP), no dia 29 de setembro, vai ser palco de um treinamento em massa em RCP (“massagem cardíaca”), a partir das 9 da manhã, bem no Dia Mundial do Coração

Em 2015, a SOCESP decidiu unir forças com o Instituto Lado a Lado, que já participou de eventos com foco no câncer de mama e de próstata, para realizar o Setembro Vermelho, com ações em diversas cidades paulistas. No próprio Dia Mundial do Coração, que será numa terça-feira, acontecerá um mutirão de treinamento em RCP (sigla para ressuscitação cardiopulmonar, a popular “massagem cardíaca”) no Conjunto Nacional. A experiência será gratuita e permitida para toda a população.

Experiência diferente

Em Junho deste ano, durante seu Congresso anual, a SOCESP registrou o primeiro recorde brasileiro em mutirão de treinamento em RCP. Na ocasião, mais de 2.306 pessoas – em sua grande maioria, crianças oriundas da rede estadual paulista de ensino – foram preparadas para reconhecer os sintomas de uma parada cardíaca e para proceder corretamente na prestação dos primeiros socorros às vítimas. Além do grande número de participantes, a ação da SOCESP também chamou atenção pelo uso de um boneco feito de garrafa PET reciclada – o “Guizinho”.

Os bonecos usualmente empregados em treinamentos como este custam caro – cerca de 50 dólares cada um – e podem ser usados até seis vezes, no máximo. Para viabilizar treinamentos em massa como este, o “Guizinho” é a solução ideal. O boneco tem este apelido em homenagem ao seu criador, o médico cardiologista Agnaldo Pispico. Basicamente, trata-se de um boneco feito com uma garrafa PET tampada e cheia de ar – cuja pressão fica idêntica ao do tórax humano –, juntamente com outros materiais reciclados, que são usados para encher uma camiseta (o "invólucro do corpo” do boneco).

Testes realizados com estudantes em uma escola de Araras (SP) mostraram que o treino feito com o boneco “Guizinho” é tão eficaz quanto os manequins desenhados para esse fim.

Fatos importantes:

A cada um minuto e meio, uma pessoa morre por doença cardiovascular, e a cada ano cerca de 400.000 pessoas morrem de infarto no Brasil.

As chances de sobrevivência são quatro vezes maiores quando o infartado está perto de alguém apto a reconhecer os sintomas, pedir socorro ao serviço adequado (SAMU ou Corpo de Bombeiros) e, principalmente, de iniciar as compressões torácicas (RCP).

A mortalidade do infarto varia de 8 a 30%, conforme a assistência prestada ao paciente.

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 18.232.55.175 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)