Hora certa:
 

  • Probians

Sociedades

SOBOPE e Doutores da Alegria conscientizam crianças da comunidade de Paraisópolis sobre câncer infantojuvenil

 A Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE) participa da campanha “Setembro Dourado”, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, que tem chances de cura em cerca de 70% dos casos, se diagnosticados com antecedência. Como ação para o mês, a SOBOPE se uniu à organização não governamental (ONG) Doutores da Alegria e juntas as entidades realizaram atividade na unidade das Obras Sociais do Mosteiro São Geraldo no Centro Comunitário de Trabalho de Paraisópolis, no último dia 21, para conscientizar as crianças do projeto sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil.

Durante a ação, o fundador da instituição Doutores da Alegria, Wellington Nogueira, instruiu as crianças de forma lúdica e divertida por meio de brincadeiras. A iniciativa teve como público crianças saudáveis. Segundo a presidente da SOBOPE, Teresa Fonseca, a campanha estimula o debate sobre o tema, o que contribui no aumento das chances de cura. “Nosso público-alvo se constitui nos futuros adultos do nosso País, que poderão passar o que aprenderam para as suas famílias e assim disseminar o conhecimento sobre os sinais e sintomas para o diagnóstico precoce”, explica.

A visita à instituição resultou também no vídeo “Falando Sério”, produzido pela parceria entre os Doutores da Alegria, Medcenter, Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc), RS Press e Obras Sociais do Mosteiro São Geraldo. Estrelado por Wellington Nogueira de “cara limpa”, o vídeo trata do câncer infantil e teve alcance de quase 200 mil pessoas no Facebook da SOBOPE.

Na campanha Setembro Dourado, iniciativa da Coniacc, o amarelo tem função de demonstrar um sinal de alerta para a necessidade de atitudes que levem ao diagnóstico precoce. Já a cor dourada simboliza o “padrão ouro” que necessitam os pacientes de câncer infantojuvenil. Segunda causa de morte em crianças no país, o câncer na criança e no adolescente é uma doença de evolução rápida, em geral. De acordo com a presidente, o estabelecimento do fluxo de investigação e encaminhamento do paciente aos centros de referência regionais de forma efetiva deve ser prioritário pelos gestores do sistema de saúde para o tratamento da doença em fase inicial, que poderá ser menos agressivo, com menos sequelas e melhor qualidade de vida.

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.235.107.209 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)