Hora certa:
 

  • Jornal SBC

Sociedades

21ª Conferência Mundial de Medicina de Família e Comunidade

Entre os dias 2 e 6 de novembro, será realizada a 21ª Conferência Mundial de Medicina de Família e Comunidade no Rio de Janeiro. No evento serão abordadas e discutidas as principais vertentes da Medicina de Família e Comunidade, em âmbito mundial, a partir de troca de experiência de participantes de mais de 80 países. O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC). 

Como foco das discussões está a Atenção Primária à Saúde - sistema de saúde organizado a partir de serviços localizados perto da sua casa, com profissionais que conhecem todo o seu histórico de saúde (e da sua família) e capazes de resolver mais de 80% dos problemas de saúde sem precisar encaminhar você a outro serviço de saúde.

Abaixo seguem algumas sugestões de atividades para análise de possíveis pautas:

Dia 2/11:

- Atenção à saúde em favelas e outras regiões de violência e vulnerabilidade
- Desafios da consolidação das residências em MFC no Estado do Rio de Janeiro
- The influence of cultural, demographic and economic background in primary health care
- Medicina Rural: experiência da Universidade Federal de Ouro Preto

 Dia 3/11:

- A geração do milênio diminuindo a lacuna entre os gêneros na medicina: o papel dos movimentos de jovens médicos e das redes sociais
- A Atenção Primária no Brasil, conquistas e desafios futuros – presidente da SBMFC (Thiago Trindade)
- Coordenação do cuidado - necessidades em cuidado continuado e cuidados -paliativos
- Prevenção quaternária de problemas de saúde mental na atenção primária
- Por que tão poucos pacientes se beneficiam dos medicamentos que tomam e porque muitos são mortos por eles - Conferencista: Peter Gotzsche (Dinamarca)        
- Metas para o desenvolvimento sustentável: qual o papel da atenção primária e da medicina de família?
- Medicina RURAL - Acesso na saúde rural

 Dia 4/11:

- O que podemos aprender da evolução da Atenção Primária na América Latina?
- Estratégias para a gestão de doenças crônicas em atenção primária à saúde
- O papel da MFC na Saúde Suplementar - Cenário atual e perspectivas futuras
- Desafios às nossas atitudes profissionais – discrepâncias entre grandes expectativas, promessas políticas e a realidade cotidiana na atenção primária
- A reforma da Atenção Primária à Saúde no Município do Rio de Janeiro – Daniel Soranz – Secretário Municipal de Saúde
- Gestão da saúde considerando os preceitos da prevenção quaternária
- Refugiados em atenção primária: quais são as suas necessidades e como podemos prestar um melhor cuidado?
- Melhorando a saúde de nossa comunidade. Competência de saúde populacional e fundamentos para Médicos de Família

Dia 5/11:

- Igualdade no acesso à saúde no mundo, o que os médicos de família e clínicos gerais podem fazer para melhorar a saúde?
- Saúde da terra, saúde dos homens, complexidade, novos paradigmas. Reflexões necessárias à medicina de família e comunidade
- O papel da Medicina de Família/APS junto a populações em situações específicas -  População de rua/ Sistema prisional/ Transexuais/ Imigrantes
- Procurando ajuda para o sofrimento emocional: como a atenção primária à saúde pode dar apoio à pacientes com transtornos mentais comuns?
- Quando um não quer, dois não brigam. O paciente, seu médico e o motivo da consulta.

Artigos

ver tudo

Banner SBH

Banner Snifbrasil

Banner DPM


SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.227.249.234 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)