Hora certa:
 

  • Jornal SBC

Sociedades

Socesp alerta: portadores de doenças cardiovasculares devem redobrar cuidados com a doença

Não há uma relação direta entre os problemas cardiológicos e o sarampo. "Este, porém, pode debilitar bastante o organismo, o que gera riscos para pessoas que já tenham doenças crônicas, entre elas as cardiovasculares", explica o médico José Francisco Kerr Saraiva, presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp).

Assim, a prevenção é importante. Para isso, a imunização é a única alternativa. Devem ser vacinados: quem, indubitavelmente, nunca teve sarampo. Dentre estes, quem nunca tomou a vacina ou quem tomou apenas uma dose.

O sarampo compromete a resistência do paciente, favorecendo a ocorrência simultânea de superinfecção viral ou bacteriana, inclusive pneumonia. Por isso, são frequentes as complicações, principalmente nas crianças até os dois anos de idade, adultos jovens e portadores de doenças crônicas. Se a pessoa tiver febre por mais de três dias depois do surgimento das erupções na pele, pode estar ocorrendo complicações, como infecções respiratórias, otites e diarreia. Em casos mais graves, podem aparecer até mesmo problemas neurológicos.

Portadores de doenças cardiovasculares que apresentem sintomas de sarampo devem procurar rapidamente o médico, que orientará corretamente as medidas a serem adotadas para minimizar eventuais complicações. Os sintomas iniciais são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza, congestão nasal e mal-estar intenso. Depois, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. São comuns lesões muito dolorosas na boca.

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.81.28.94 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)