Hora certa:
 

Noticias

Covid-19: quem tomou a primeira dose da vacina não pode trocar de fabricante na segunda

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alerta aos profissionais de saúde e à população para que a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19 sejam realizadas com imunizantes do mesmo fabricante.

Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, não há informações sobre a intercambialidade das vacinas utilizadas no Brasil, portanto, não existem dados que sustentem que essa troca de fabricantes, entre a primeira e a segunda dose, produza uma resposta imune ao Sars-CoV-2 (coronavírus).

A orientação à população é que, ao identificarem a troca de fabricantes entre as doses, comuniquem imediatamente à equipe de saúde e levem o cartão de vacinação. Os profissionais de saúde, por sua vez, devem registrar a ocorrência no sistema e-SUS Notifica.

Já os fabricantes devem registrar o caso no sistema VigiMed e ativar o sistema de farmacovigilância para acompanhamento, cujas informações devem integrar o Sumário Executivo e o Relatório Periódico de Benefício-Risco.

Fonte: Brasil 61

SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 3.236.222.124 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)